Passo a vida a ouvir falar da necessidade de adaptação e modernização dos trabalhadores. Mas quanto mais notícias me chegam sobre as políticas de investimento de empresas ditas inovadoras, modernas – públicas e privadas – mais eu desconfio. Como diz o outro, conheço-os de gingeira. E a coisa resume-se a esta metáfora: desatam a comprar a última retrete desenhada pelo Siza, mas esquecem-se do saneamento básico.

About these ads