Porto sentido

Apresentação do Cimo de Vila (Afrontamento), o livro com textos de Carlos Tê e ilustrações de Manuela Bacelar (que estarão em Março na Comunidade de Leitores da Almedina). Curioso o local escolhido: a sala de leitura da velhinha Biblioteca Municipal do Porto, onde gosto de passar dias a pesquisar jornais amarelecidos e memórias várias. Um sítio a considerar para outros eventos. Divertida, a sessão. Polvilhada com a cumplicidade e o humor do Tê e da Manuela e com as deliciosas histórias do Germano Silva. Ambiente intimista, descontraído e com muito Porto sentido. E bem aqui ao ladinho de casa, o que não é de somenos. Valeu. O livro, esse, está mesmo carregado de gentes da cidade e do nosso código sócio-genético. Palavras do Tê.