Etiquetas

Ela estudou em Praga, desenha a olhar a cidade acima do rés-do-chão e por cima das montras e diz que Lisboa é África e o Porto Europa. Ele deu-nos o Porto sentido. Não só a canção, mas tudo o que escreveu sobre a cidade, sua alma e coração, com bairrismo e sem cagança. Carlos Tê e Manuela Bacelar juntaram-se em «Cimo de Vila» (edições Afrontamento) para escrever e ilustrar o Porto como se olhassem para dentro da nossa infância, dos nossos pequenos mundos, das nossas memórias sofridas e abraçadas, da nossa realidade e imaginários, onde continuam a caber todas as nossas melancolias e sonhos. Que tal conversar com eles, hoje, às 17 horas, na Comunidade de Leitores da Almedina do Arrábida Shopping?

About these ads